Visões da poesia de Yeats (2)

Visões da poesia de Yeats (2)

Nesta segunda crônica sobre W. B. Yeats, obedeço à conclamação que o poeta faz em “O balão da Mente”: “Mãos, façam o que vos é pedido:/Tragam o balão da mente/Que intumesce e se arrasta ao vento/Para o seu estreito alpendre”

Amor à França (2): a poesia de Yves Bonnefoy

Amor à França (2): a poesia de Yves Bonnefoy

Corria célere o ano de 1989 – que coisas aconteciam que o tornaram um rio tão ligeiro, além da queda do Muro de Berlim e da revolta estudantil na China? -, a vida seguia seu curso e eu continuava meu aprendizado da língua francesa, estudando e lendo no idioma de Molière

Sob a luz de um anjo

Sob a luz de um anjo

O anjo de cada um de nós – seria o tema desta semana. O “insight” me aconteceu com a releitura de trechos do livro “Os Anjos Necessários”, de autoria de Robert Alter

Crônicas da América (final)

Crônicas da América (final)

De volta ao lar, depois de um mês pelos caminhos da América, encerro estas crônicas de viagem. Exausto, sob os efeitos da “síndrome de Stendhal”, recolho-me à doçura feminina, onde encontro a Beleza e o convite à sensibilidade e à conversão, pois elas nos faz seres melhores, pois como diz Adélia Prado: “mulher é desdobrável”