O deputado estadual Bruno Peixoto (UB) está deixando a liderança do governo de Ronaldo Caiado (UB) para se tornar presidente na Assembleia Legislativa de Goiás. Com a sua saída, a vaga de liderança está em aberto. Dois deputados são favoritos para ocupar a vaga de Peixoto: Talles Barreto (UB) e Wilde Cambão (PSD).

Talles Barreto confirma que está na disputa, porém deixa bem claro que a escolha do líder depende do governador Ronaldo Caiado. Ele frisa que, caso seja escolhido, assumiria com grande entusiasmo. “Os colegas deputados veem o meu nome como sendo o melhor para assumir a liderança.”

Talles garante que a disputa não afetará a amizade que tem com o seu opositor. “Somos amigos e continuaremos amigos sem problema nenhum, independentemente do resultado.”

Wilde Cambão argumenta que, apesar de ser uma escolha muito pessoal do governador, seu nome não foi cogitado sem um respaldo. “Não exijo nada. Como deputado, tive importância para o governo durante quatro anos. Então, se Ronaldo Caiado optar pelo meu nome, estou pronto para exercer a liderança.”
O parlamentar do PSD afirma que sua relação com Talles não será abalada, qualquer que seja a decisão.