Segplan assina contrato para realização de concurso da Polícia Civil

Governo deve publicar edital no Diário Oficial do Estado nos próximos dias. Cronograma do certame será divulgado em breve

Secretário Joaquim Mesquita quando ainda era titular da Segurança Pública | Foto: Eduardo Ferreira

Secretário Joaquim Mesquita quando ainda era titular da Segurança Pública | Foto: Eduardo Ferreira

A Secretaria de Gestão e Planejamento de Goiás (Segplan) assinou, no início da noite da última quarta-feira (27/7), o contrato com o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) para realização do concurso público da Polícia Civil. Serão 280 vagas para agentes substitutos e 220 para escrivães substitutos.

Os últimos detalhes do contrato e do edital foram acertados durante reunião realizada na secretaria, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia. O edital deve ser publicado no Diário Oficial do Estado nos próximos dias.

Com essa etapa, será possível divulgar o novo cronograma completo do certame, que teve de ser modificado devido a “ajustes realizados no contrato com o Cebraspe”, informa a pasta.

O governo de Goiás prepara também seleções para 36 delegados da Polícia Civil, 2.420 soldados e 80 oficiais para a Polícia Militar, 250 soldados para o Corpo de Bombeiros e 15 servidores para a Superintendência de Defesa do Consumidor (Procon).

De acordo com o secretário de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita, a realização desses concursos é resultado do esforço fiscal que o governo de Goiás colocou em prática desde 2014 e, em especial, em 2015.

“Mesmo com a enorme crise econômica que atinge todo o País, Goiás tem conseguido não só realizar novos concursos como nomear aprovados em pleitos anteriores”, argumenta.

O secretário cita como exemplo a nomeação recente de aprovados nos concursos da Universidade Estadual de Goiás e a homologação do resultado da seleção para papiloscopistas da Polícia Civil – que também deve ser publicado Diário Oficial do Estado nos próximos dias.

Além do concurso para o provimento das 500 vagas de agentes e escrivães, a Polícia Civil terá, também, outro concurso para selecionar 36 profissionais para o cargo de delegado.

Na Polícia Militar o efetivo será ampliado em 2,5 mil servidores, sendo 2.420 policiais e 80 oficiais. Estão previstos, ainda, concurso para o Corpo de Bombeiros Militar, para 250 novos soldados e para a Superintendência de Defesa do Consumidor (Procon), que deverá ser de 15 vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.