Polícia Civil prende em Goiânia, homem suspeito de aplicar golpe contra jornalista mineira

O homem de 31 anos, se passou pelo irmão da profissional em conversa com o pai dela via aplicativo de mensagens

Prints da conversa com o golpista | Foto: Divulgação/PC

A Polícia Civil prendeu em flagrante na tarde da última quinta-feira, 21, em Goiânia um homem suspeito de aplicar um golpe de quase R$ 4 mil contra uma jornalista mineira e a família dela. Segundo a polícia, ele se passou pelo irmão da profissional em conversa com o pai dela via aplicativo de mensagens.

De acordo com as investigações, os criminosos usaram a foto do filho da vítima em um novo número de Whatsapp, entraram em contato com o idoso e, em seguida, solicitaram transferência, via PIX, do valor R$ 3.889, com argumento de que teria que realizar um pagamento urgente.

Por acreditar na história, o pai da jornalista, um idoso de 66 anos, pediu para sua filha efetuar o depósito. Sem saber que criminosos se passavam por seu irmão, a jornalista transferiu a quantia solicitada.

Após tomar conhecimento do fato, as equipes da PC fizeram os levantamentos necessários e localizaram o autor do golpe, um homem de 31 anos, no Setor Vila Morais, em Goiânia.

Trata-se do crime de estelionato mediante fraude eletrônica, com pena de reclusão de quatro a oito anos, e causa de aumento de pena de 1/3 ao dobro, por também ter sido praticado contra vítima idosa.

O investigado já respondeu anteriormente, um processo pelo crime de roubo e confessou a participação nesse crime. O autuado foi levado ao Presídio e após a comunicação de sua prisão, passará à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.