Mulher é presa em Iporá com material apócrifo contra Marconi

Suspeita foi filmada por câmeras de segurança do município. Veículo em que ela estava estaria plotado com imagens de Vanderlan Cardoso (PSB)

Uma mulher foi presa em Iporá, Região Sudoeste do Estado, supostamente ao ser flagrada na tarde desta sexta-feira (1º/8) com material apócrifo que fazia referência ao governador Marconi Perillo (PSDB), candidato à reeleição.

Identificada apenas como Renata, ela foi abordada quando dirigia um carro. Segundo o delegado Ramon Queiroz Rodrigues da Silva, da 1ª Delegacia de Polícia da cidade, o veículo teria sido usado para a distribuição de panfletos no último domingo (27/7).

A polícia chegou à mulher após analisar imagens feitas por câmeras de segurança e conseguir a placa do automóvel. Um homem, chamado Wendel, que seria o marido dela, também foi identificado e estaria envolvido no crime.

De acordo com informações da coligação do tucano, o carro estaria plotado com material de campanha do governadoriável Vanderlan Cardoso (PSB).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.