Marconi recebe título de Cidadão Honorário do Rio de Janeiro

Governador de Goiás foi homenageado durante sessão na Câmara Municipal fluminense

Foto: Marco Monteiro

Governador recebe a placa | Foto: Marco Monteiro

O governador Marconi Perillo (PSDB) recebeu, na tarde desta sexta-feira (27/11), o título de cidadão honorário da cidade do Rio de Janeiro e a medalha do mérito Pedro Ernesto. O evento ocorreu na Câmara Municipal da capital fluminense.

A proposição foi do vereador Marcelo Piuí (PHS), que falou aos presentes sobre a importância do governador goiano na recente história democrática do Brasil e justificou com o legado de um político que tem se destacado nacionalmente, inclusive com lutas conjuntas em prol dos interesses públicos de Goiás e do Rio de Janeiro.

“O Estado de Goiás evoluiu 100 anos em 16. Sua carreira política é tão brilhante que é reconhecida até no exterior. O nome de Marconi firma-se na história democrática do Brasil, pelas inúmeras e consideráveis contribuições que tem dado em busca do desenvolvimento do país e de sua prosperidade” declarou Marcelo.

Emocionado, o governador agradeceu pela homenagem. “É com grande emoção que recebo o título de Cidadão Honorário do Município do Rio de Janeiro. Agradeço a esta ilustre Casa e à Cidade Maravilhosa que me acolhe como a um filho. Poucas honras poderiam ser tão emocionantes para mim.”

E fez um agradecimento poético, sintetizando a alma da cidade que o recebe como filho: “O Rio é a cidade de encontros e abraços. Só ela consegue sintetizar a alma plural do brasileiro numa mistura pura, como um bom samba. Nenhuma cidade é tão receptiva e calorosa para aqueles que chegam, vindos de todas as partes. As Olimpíadas de 2016 estão aí para mostrar isso: o Rio receberá o mundo de braços abertos. E ninguém melhor do que Tom Jobim para colocar em palavras a poesia e o carinho que sinto pelo Rio: “Cristo Redentor/ Braços abertos sobre a Guanabara/ Este samba é só porque, Rio, eu gosto de você./ Rio de sol, de céu, de mar.” Obrigado, Rio!”

O cantor Zezé De Camargo, que compôs a mesa, disse em seu discurso que tem um carinho imenso por Marconi. “Quando se administra um Estado por quatro vezes é sinal que se tem muita competência. Acompanho de perto o que ele faz em Goiás. Vocês, cariocas, não têm noção a importância de receber uma homenagem como essa. Não tem nada no mundo que pague um reconhecimento desse. Goiás acaba sendo homenageado também. Nós, goianos, temos muito orgulho do nosso mandatário maior, Marconi Perillo,” sentenciou o cantor.

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Anselmo Pereira, agradeceu a atitude do vereador carioca em homenagear Goiás em nome do governador. “Temos um apreço extraordinário pelo homem que transformou Goiás. Somos qualificados como um dos estados mais promissores do país. Marconi é um homem de uma história fantástica na política. Para nós é um privilégio muito grande ter o nome do homem mais sério e competente de Goiás, que também fez muito enquanto Senador, na galeria de homenageados da cidade do Rio de Janeiro.”

O deputado Hélio de Sousa, presidente da Assembleia Legislativa, relatou aos presentes a trajetória “vitoriosa” de Marconi em Goiás: “Falar de Marconi é falar de família. O Rio, assim como Goiás, terá orgulho de ter Marconi como filho. Ele é um homem sério e trabalhador.”

Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Jorge Felipe, disse que o título de cidadania é entregue a pessoas que merecem destaque e são exemplos às gerações futuras. “Marconi é um exemplo de político no Brasil.”

Projetos exemplares

marconi

O presidente estadual do diretório do PSDB do Rio, o deputado federal Otávio Leite, falou sobre o empreendedorismo de Marconi. Otávio salientou o trabalho pela consolidação do Fórum do Brasil Central, o Projeto Andorinhas, as Organizações Sociais na Saúde e na Educação e o diálogo permanente do governador com os goianos como atuações revolucionárias de Marconi em Goiás.

“Goiás possui projetos que são exemplos ao país. Marconi é um brasileiro democrata, que olha para o futuro de seu Estado e do país. Todos nós queremos vê-lo no papel de um grande brasileiro. Sua presença nos traz otimismo, precisamos de homens com sua bravura.”

O secretário de governo do Rio de Janeiro, deputado Paulo Melo, representando o governador Luiz Fernando Pezão, aplaudiu a iniciativa de tornar Marconi cidadão carioca.

“Temos que homenagear políticos de caráter. Pessoas que têm permanente compromisso com a política, que é a condição que nos é oferecida para mudar a vida das pessoas. Nós precisamos de pessoas determinadas que não têm vergonha de bater no peito e dizer que é político.”

Participaram também da solenidade o senador Wilder Morais, deputados federais, estaduais, secretários de Estado, prefeitos, empresários, o presidente da Fecomércio-GO, José Evaristo, e o presidente do TCM, Honor Cruvinel.

Trabalho político justificou título a Marconi

No Projeto de Decreto Legislativo (PDL 124/2015) em que propôs a concessão do título de Cidadão Honorário do Município do Rio de Janeiro, o vereador Marcelo Piuí (PHS), argumenta que “a vida parlamentar de Marconi Perillo foi marcada por intensa participação nos trabalhos legislativos, integrando várias comissões, dentre elas a de Constituição e Justiça, e relatando, dentre outros, o projeto sobre a profissão de Empregada Doméstica, o processo que resultou na cassação do mandato do ex-deputado Sérgio Naya e o que transformou em crime hediondo os delitos de falsificação de medicamentos e alimentos”.

Ainda segundo a justificativa, Marconi “foi eleito governador de Goiás e empossado em 1º de janeiro de 1999, marcando sua gestão pela implementação de importantes programas sociais e programas de incentivo ao desenvolvimento do Estado. Em 2002 foi reeleito, tomando posse em 1º de janeiro de 2003”.

A concessão do título de Cidadão Honorário lembra ainda que “dentre os programas sociais que são destaque nas duas primeiras administrações de Marconi estão o Renda Cidadã, o Cheque Moradia, o Salário Escola, a Bolsa Universitária, o Banco do Povo e a Lavoura Comunitária”.

O vereador carioca aponta ainda que o governador de Goiás foi “responsável também pela construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Goiânia e de outras 70 ETEs em cidades goianas; pela criação do Governo Itinerante, que leva benefícios e serviços do estado ao interior; pela criação da Universidade Estadual de Goiás (UEG), hoje com 30 unidades e 21 pólos e pela implantação do programa de atendimento Vapt Vupt”.

Cita ainda a construção da Barragem do Ribeirão João Leite, que garantirá abastecimento à grande Goiânia até 2040, a criação do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA), na cidade de Goiás, do Festival Canto da Primavera, em Pirenópolis, do Festival de Teatro, em Porangatu, do Programa Produzir, que incentiva a atração de novas indústrias para Goiás e põe o Estado entre os maiores geradores de emprego do País.

A justificativa cita ainda os avanços do governo na área do funcionalismo estadual, destacando o pagamento rigorosamente em dia dos salários dos servidores, “com o pagamento do funcionalismo no mês trabalhado e do 13º salário no mês do aniversário. Na infraestrutura, mostra, entre outras ações, o Programa Rodovida, por meio do qual foram construídos 2 mil quilômetros de rodovias e 5 mil reconstruídos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.