Líderes classistas convocam população goiana para manifestação deste domingo (12/4)

Presidentes de entidades, como Acieg e Faeg, divulgaram vídeos em apoio ao protesto que será realizado, novamente, na Praça Tamandaré

 | Fotos: reprodução / vídeos

Helenir Queiroz, da Acieg; José Mário Schreiner, da Faeg; José Evaristo, da Fecomércio; Ubiratan Lopes, da Facieg; e Bartolomeu Braz Pereira, da Aprosoja-GO| Fotos: reprodução / vídeos

No que depender do setor produtivo goiano, a próxima manifestação contra o governo federal — marcada para este domingo (12/4) — será ainda maior que a do mês passado. Quatro líderes classistas mobilizam suas redes sociais e de relacionamento para levar ainda mais pessoas à Praça Tamandaré.

Por meio de vídeos, Helenir Queiroz, da Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg); José Mário Schreiner, da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg); José Evaristo, da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio); Ubiratan Lopes, da Federação das Associações Comerciais, Industriais e Agropecuárias de Goiás (Facieg); e Bartolomeu Braz Pereira, da Associação dos Produtores de Soja de Goiás (Aprosoja-GO), convidam para protestar contra as medidas do governo Dilma, sob o mote “Eles não entenderam nada”.

Como justificativa, eles explicam que o ajuste fiscal proposto é apenas “um remendo”, pedindo por “reformas profundas” e, claro, pelo fim da corrupção. Além disso, a expectativa é de que este seja “o maior movimento democrático, legítimo e ordeiro” que o Brasil já viu.

Veja abaixo:

Helenir Queiroz

José Mário Schreiner

José Evaristo

Ubiratan Lopes

Bartolomeu Braz Pereira

3 respostas para “Líderes classistas convocam população goiana para manifestação deste domingo (12/4)”

  1. Avatar NágelaGaia disse:

    Boa! Dia 12 de abril vai ser maior! Vem, Goiânia!

  2. Avatar Mozar Ornelas disse:

    E eu duvido que esses senhores todos aí nunca sonegaram impostos na vida deles. Soa até engraçado esse povo bradar contra a corrupção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.