José Nelto protocola projeto na Câmara para pôr fim aos radares móveis

“Temos que acabar com essa máfia dos radares móveis que arrecadam milhões sem qualquer contrapartida na redução dos índices de violência no trânsito”, disse o parlamentar

Foto: Divulgação

Com o argumento de que os radares móveis favorecem a indústria das multas e não têm caráter educativo, um projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados quer proibir o uso dos equipamentos.De autoria do deputado federal e líder do Podemos, José Nelto (PODE), o PL prevê ainda que a fiscalização poderá ser realizada por barreiras eletrônicas.

“Temos que acabar com essa máfia dos radares móveis que arrecadam milhões sem qualquer contrapartida na redução dos índices de violência no trânsito. Temos que ensinar nas escolas a educação no trânsito. Só assim vamos ter mudanças reais. A criança precisa saber desde cedo que pode ceifar a vida de um inocente por uma irresponsabilidade”, destaca o deputado.

O projeto se baseia nos trabalhos do governador de Goiás, Ronaldo Caiado que determinou em janeiro de 2019 a retirada dos aparelhos das estradas do estado. Em 2017, José Nelto ainda como deputado estadual também protocolou projeto similar na Assembléia de Goiás.

Vale lembrar que a retirada dos aparelhos não extingue o serviço executado pelos radares fixos que estão instalados nas rodovias para o controle de velocidade em vários locais.

O Município de Santo André (SP) teve uma queda de 20% no número de óbitos provocados por acidentes de trânsito, na comparação com a quantidade de óbitos registrados em 2017 depois de retirar das rodovias os radares.

A redução também é resultado de diversas ações adotadas pela Prefeitura em relação à segurança viária, aliadas a campanhas educativas e de conscientização de pedestres, motoristas, motociclistas e ciclistas. As informações são disponibilizadas pelo Infosiga, banco de dados do Governo de São Paulo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eliana Mabel

Nobre deputado, não é justo manter a antiga estrutura com os comissionados no Tce, com altos salários e TODOS indicados pela a gestão anterior. Isso é uma afronta a sociedade. O governador Caiado precisa saber disso. Pedimos a exoneração de TODOS pra fazer justiça.a farra la e descabida e intolerável.

Eliana Mabel

Jose Nelto, vc será aliado em ajudar a exonerar TODOS os comissionados do Tce?