Governo entrega 104 moradias populares na zona rural

Em parceria com o Movimento Camponês Popular (MCP) e a Caixa, gestão Marconi entregou benefícios em Divinópolis, Guarani, Crixás e Uirapuru

Família beneficiada | Foto: Sérgio William

Resultado de parceria com o Movimento Camponês Popular (MCP) e a Caixa, o governo de Goiás entregou na sexta-feira (5) e neste sábado (6/5) 104 moradias populares a famílias dos municípios de Divinópolis, Guarani, Crixás e Uirapuru.

Por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), foram concluídas e reformadas casas na zona rural com recursos do Cheque Mais Moradia nos quatro municípios — 81 são novas construções e 23, reformas.

Desde a implantação do programa de moradia rural, em 2011, a administração Marconi Perillo (PSDB) dispôs de mais de R$ 40 milhões de investimento para construção e reforma de habitações na zona rural. Esse programa goiano é considerado o melhor do país pela abrangência social e qualidade das casas, que têm 80 metros quadrados e respeitam as características da cultura camponesa.

Desde 2011, já foram beneficiadas cerca de duas mil famílias e um novo convênio foi celebrado no ano passado para expansão do programa, abrindo possibilidades de parcerias com todos os segmentos representativos do setor rural (prefeituras, sindicatos e movimentos sociais).

 

“Com foco em parceria, o governador Marconi Perillo tem feito uma revolução na área habitacional em Goiás e que serve de exemplo para o País. É o caso do programa de moradia rural, referência de política habitacional de interesse social. Já executamos um convênio de mil moradias com o MCP e estamos finalizando outro com a entrega de mais mil moradias”, frisa Luiz Stival, presidente da Agehab.

O Movimento Camponês Popular salienta que atualmente o programa beneficia 37 municípios. A previsão até julho é de entrega de 800 moradias na zona rural, entre construção e reforma. A próxima entrega acontecerá no dia 25 de maio, em Santa Terezinha (21 construções e 18 reformas), abrangendo ainda os municípios de Guarinos (40 construções e 11 reformas) e Campos Verdes (4 construções e 3 reformas). A solenidade será na Fazenda Bucania, às 16h30. Serão beneficiadas 97 famílias nesses municípios.

Referência nacional

Marconi entrega obras | Foto: reprodução

Considerado o melhor do país, o programa habitacional rural do governo de Goiás já conquistou o Prêmio Caixa Melhores Práticas de Gestão e foi reconhecido internacionalmente pela ONU-Habitat.

Atualmente, há recursos do Cheque Mais Moradia empregados ou garantidos para mais de 60 municípios do Estado, entre construção e reforma, na maior parte dos casos em parceria com recursos federais, do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR).

São mais de 3,7 mil unidades habitacionais entregues e em construção. Além do MCP, o estado também tem convênio com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). As construções rurais são diferenciadas, em respeito às tradições do campo, com casas de 80 metros quadrados e avarandadas.

O convênio em andamento da Agehab com o MCP é para construção e reforma de 2.000 moradias, totalizando investimento de R$ 19 milhões do governo estadual. Ao todo, entre recursos federais e estaduais, Goiás tem garantidos mais de R$ 40 milhões.

De acordo com a coordenadora estadual do MCP, Jéssica da Silva Brito, o reconhecimento nacional do programa deve-se sobretudo à parceria com o governo do Estado. “Não existe outro programa de habitação de interesse social com casas de 80 metros quadrados. Nem no campo nem na cidade. É o complemento do Cheque Mais Moradia que possibilita essa melhoria da qualidade e do tamanho”, afirma a coordenadora.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.