Gestão Lúcio Flávio já pagou mais de R$ 7,4 milhões em dívidas deixadas por Enil

Atual presidente lançou novo portal da transparência, que detalha gastos que não foram pagos pela gestão passada: de viagens até conta de luz

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), Lúcio Flávio de Paiva, lançou, na última segunda-feira (31/10), as novas versões dos sites institucionais e do novo Portal da Transparência da seccional, o OAB Transparente.

Presidente Lúcio Flávio de Paiva durante entrevista ao Jornal Opção | Foto: Leoiran

Presidente Lúcio Flávio de Paiva durante entrevista ao Jornal Opção no lançamento do novo portal | Foto: Leoiran

Entre as inovações, está a possibilidade de acompanhar em tempo real informações contábeis, fiscais, financeiras e patrimoniais da entidade, bem como dados estratificados de cada integrante da diretoria.

Além dos elementos sobre a atual gestão, a ferramenta disponibilizou ainda as controversas dívidas deixadas pela gestão anterior que foram pagas em 2016. Ao todo, foram mais de R$ 7,4 milhões.

De forma detalhada, contas não pagas pelo ex-presidente Enil Henrique Filho foram elencadas no site. Desde recolhimento de INSS a lanches e refeições; o CNPJ das empresas também foram colocados no ar.

Os maiores passivos quitados apresentados dizem respeito a empréstimos e obras. Só ao Santander foram pagos mais de R$ 2,1 milhões, enquanto R$ 1,1 milhão foi destinado a empresas e prestadores de serviço na área de construção.

Alguns gastos chamam a atenção, como os mais de R$ 158 mil a anúncios e publicidades em jornais e revistas; R$ 58 mil com viagens; R$ 51 mil com festas e eventos (provavelmente o prejuízo do Baile do Rubi de 2015); R$ 49 mil com internet; e até multa de trânsito no valor de R$ 81.

Em entrevista ao Jornal Opção, Lúcio Flávio de Paiva afirmou que do passivo com fornecedores de R$ 18 milhões — comprovado por duas auditorias, uma do Conselho Federal e outra independente –, sua gestão já pagou metade e o planejamento é quitar tudo até 2017.

“Nós estamos construindo o novo Orçamento da Ordem que, primeiro, não vai ser deficitário, como foi nas gestões anteriores. O descontrole fazia com que, ao fim e ao cabo, se gastasse mais que se arrecadava. 2015 é um exemplo. Nosso objetivo é fazer superávit, para que tenhamos condição de pagar dívidas e manter serviços”, explicou.

Contudo, ele explicou que a dívida dentro do sistema OAB — de R$ 8 milhões com o Conselho Federal — ainda não foi objeto de negociação. “Precisaremos lutar para converter isso em auxílio financeiro. Agora, deixo claro que não agirei na ilegalidade. Os 10% serão pagos na integralidade da anuidade”, arrematou.

Outro lado 

Um advogado ligado ao ex-presidente Enil Henrique Filho reconheceu ao Jornal Opção que realmente ficaram pagamentos em aberto da gestão passada, mas os valores são questionados.

A tese da gestão Enil é que a alta inadimplência do ano passado — que teria chegado a acumular R$ 8,5 milhões — impediu que compromissos fossem honrados. Contudo, sugerem que as dívidas que estão sendo pagas por Lúcio Flávio são com recursos da gestão Enil. “Se os advogados que estão renegociando tivessem pagado em 2015, não havia um déficit tão grande. Estão pagando as contas do Enil, mas com receitas do Enil”, disse a fonte

Veja abaixo todos os pagamentos de “despesas de custeio, investimento e empréstimos bancários adquiridos pela gestão anterior e pagos em 2016”. Clicando aqui, é possível ver o detalhamento completo do site da Transparência da OAB.

DESCRIÇÃO VALOR
ÁGUA E ESGOTO R$ 6.018,58
ALUGUEIS DE IMOVEIS R$ 23.279,25
ALUGUEL DE VEICULOS R$ 7.845,26
ANUNCIOS E PUBL. JORNAIS E OFICIAS / REVISTAS R$ 158.837,32
ASSINATURA DE JORNAIS E REVISTAS R$ 578,40
AUXILIO ALIMENTAÇÃO R$ 5.090,00
AUXILIO POR FALECIMENTO R$ 34.608,00
COMBUSTIVEIS E LUBRIFICANTES – GERAIS R$ 3.368,05
COMBUSTIVEL – VIAGENS R$ 2.135,00
CONSTRUÇÕES / OBRAS EM ANDAMENTOS R$ 1.232.189,72
DEPÓSITO JUDICIAL R$ 8.183,06
DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES R$ 333,95
DESPESAS LEGAIS E JUDICIAIS R$ 11.816,94
DESPESAS POSTAIS E TELEGRÁFICAS R$ 143.892,12
DIVERSOS R$ 85,00
EMPRESTIMO BANCARIO CEF C/C R$ 343.345,94
EMPRESTIMO BANCARIO CREDIJUR R$ 516.666,64
EMPRESTIMO BANCARIO SANTANDER R$ 2.161.558,10
ENERGIA ELÉTRICA R$ 19.112,81
FESTAS E CONFRATERNIZAÇÕES R$ 51.218,19
FGTS R$ 672.841,13
FIDA (2%) R$ 63.459,95
GAS ENGARRAFADO R$ 723,28
GENEROS DE ALIMENTACAO R$ 41.680,90
HOSPEDAGEM E ESTADIAS – VIAGENS R$ 16.162,93
INSS R$ 315.976,43
INTERNET R$ 49.095,56
IRRF S/ FOLHA R$ 49.061,06
IRRF S/ TERCEIROS R$ 76,30
ISS S/ TERCEIROS R$ 2.339,37
JUROS E MULTAS S/ EMPRESTIMOS R$ 167.594,44
LANCHES E REFEIÇÕES – GERAIS R$ 8.189,50
LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS R$ 341.151,01
LOCACAO DE VEICULOS AERONAVES EM EVENTOS R$ 31.400,00
MANUTENÇÃO DE BENS E EQUIPAMENTOS R$ 119.571,20
MANUTENCAO DE SOFTWARES R$ 18.124,91
MANUTENÇÃO DE VEICULOS R$ 979,81
MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO DE BENS R$ 14.068,09
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS R$ 56.171,88
MATERIAL DE COPA E COZINHA R$ 2.900,92
MATERIAL DE ESCRITÓRIO R$ 14.214,83
MATERIAL DE INFORMATICA R$ 5.115,50
MATERIAL DE LIMPEZA E HIGIENIZACAO R$ 16.931,63
MATERIAL ELETRICO R$ 826,64
MATERIAL ESPORTIVO R$ 30.262,99
MATERIAL PAISAGISMO R$ 9.494,12
MATERIAL QUIMICO R$ 14.371,61
MÓVEIS E UTENSÍLIOS R$ 435,00
MULTAS DE TRÂNSITO R$ 81,72
OUTROS SERVIÇOS R$ 78,40
PRESENTES E BRINDES R$ 2.520,00
RECIBO DE PAGAMENTO AUTONOMO – RPA R$ 1.840,00
REPASSE SUBSEÇÕES DUODÉCIMOS R$ 6.371,58
REPASSE SUBSEÇÕES EXTRA R$ 15.066,88
SEGURANÇA E MONITORAMENTO R$ 50.832,72
SEGUROS R$ 596,03
SEGUROS DE VIDA R$ 596,88
SERVIÇO DE APOIO TECNICO ADM R$ 132.693,73
SERVIÇO DE AUDIO VIDEO E FOTO R$ 17.947,12
SERVIÇO DE LIMPEZA E CONSERVACAO R$ 7.185,00
SERVICOS DE ORNAMENTAÇÃO R$ 21.891,97
SERVICOS GRAFICOS R$ 18.770,44
SERVICOS MEDICOS – UTI VIDA R$ 7.121,06
SERVIÇOS TECNICOS PROFISSIONAIS R$ 241.349,53
TAXAS DIVERSAS R$ 5.965,37
TAXAS MUNICIPAIS R$ 1.829,93
TELEFONIA FIXA R$ 50.284,59
TELEFONIA MOVEL R$ 8.929,58
TRANSPORTES E LOCOMOÇÕES – VIAGENS R$ 58.101,74
VALE TRANSPORTES R$ 3.504,00
Total: R$ 7.446.941,59

Deixe um comentário