Francisco Jr. rebate acusações de Delegado Waldir em discussão sobre Plano Diretor

Candidato do PSD lamentou ataques pessoais: “Eu já administrei bilhões em dinheiro público e não tenho um processo contra mim”, defendeu

Nesta sexta-feira (2/9), os candidatos à Prefeitura de Goiânia participaram de mais um debate em que discutiram suas propostas para a cidade. Foram convidados para o embate promovido pela Rádio Interativa os cinco candidatos à frente das pesquisas de intenção de votos: Iris Rezende (PMDB), Delegado Waldir (PR), Vanderlan Cardoso (PSB), Adriana Accorsi (PT) e Francisco Jr (PSD), porém Iris não compareceu.

Durante o momento em que candidatos questionavam os adversários, Francisco Jr questionou o delegado sobre a verticalização de Goiânia. Nesse momento, o deputado federal atacou o candidato. “O senhor foi secretário de Planejamento do candidato Iris, que tem fugido aos debates de forma sistemática, acho que ele não quer se explicar. Durante o período da gestão dele, aconteceu uma verticalização, uma troca, inclusive troca de áreas do município. O município recebeu através de moedas podres e até através de lotes”, afirmou.

Francisco Jr. refez, então, o questionamento na réplica, afirmando que a verticalização é positiva se feita com critérios. Ele lembrou que se a legislação e a permeabilidade forem respeitados, a verticalização economiza infraestrutura. “O urbanismo moderno defende a cidade mais compacta. O que a gente critica é pegar o cidadão mais humilde e jogá-lo para longe”, explicou.

Durante a tréplica, o delegado falou novamente do candidato adversário, sendo rebatido quando voltaram a falar do tema. “É muito complicado decorar alguns conceitos e se sentir especialista na área. Administrar uma cidade, delegado Waldir, é coisa séria. E precisamos ter conhecimento e conteúdo. Eu lamento que o senhor tenha partido para uma agressão pessoal, naquele momento. Eu já administrei bilhões em dinheiro público e não tenho um processo contra mim. E se tem uma coisa que eu valorizo é a minha dignidade”, defendeu Francisco.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.