Em 2017, goianos pagarão IPVA mais barato que no ano passado

Pagamento parcelado teve início na última segunda-feira (30/1) e está 3,9% abaixo do valor aferido em 2016

Presidente do Detran-GO

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) está em média 3,9% mais barato em 2017 na comparação com o ano passado. De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-GO) e a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-GO), o valor venal foi reduzido e as alíquotas de cada tipo de veículo não sofreram alterações.

Na última segunda-feira (30/1), teve início o pagamento da primeira parcela para os proprietários de veículos emplacados em Goiás com final “1”. As parcelas têm vencimento conforme o número da placa. No início de janeiro, o presidente do Detran-GO, Manoel Xavier Ferreira Filho, já havia anunciado que, em 2017, o pagamento do IPVA voltaria a ser dividido ao longo do ano.

O governo também confirmou a manutenção do desconto de 50% no IPVA para proprietários de carros 1.0 e motocicletas de até 125 cilindradas. Para contar com o benefício, o proprietário não pode ter se envolvido em acidente, não ter cometido infração no exercício anterior, mesmo que em outro veículo, e deve pagar o IPVA e o Licenciamento do veículo em dia.

O IPVA poderá ser parcelado, conforme calendário, em até três parcelas. Na última parcela, é cobrado o licenciamento anual do veículo, o seguro obrigatório (DPVAT) e as multas. Somente após quitar todos os débito, o usuário recebe o Certificado de Registro e Licenciamento Veicular (CRLV).

Para o presidente do Detran-GO, 2017 começa em um cenário mais positivo para a população goiana. “Em 2016, tínhamos um outro cenário e uma crise acentuada em todo o país. Ainda não estamos, onde gostaríamos, mas os ajustes feitos pelo governador no ano passado permitiram que, nesse ano, fosse possível diluir esse recebimento sem prejuízo às contas públicas”, avalia.

Goiás é um dos poucos estados brasileiros a permitir o parcelamento diluído ao longo do ano. Na maioria deles, a cobrança do IPVA é concentrada entre os meses de janeiro e abril. Em Pernambuco, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Paraná e Brasília, por exemplo, todos os finais de placas vencem até maio. “O governo é sensível às dificuldades financeiras enfrentadas pela maioria da sociedade. E, tão logo foi possível, retomou o calendário com prazo estendido”, arremata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.