DEM aprova fusão com PSL e novo partido se chamará União Brasil

Com propósito de ser uma das maiores legendas do país, o novo partido ainda deve ser aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Convenção do nacional do Democratas | Foto: reprodução

Em convenção realizada nesta quarta-feira, 6, em Brasília, o DEM aprovou a fusão da legenda com o PSL e se chamará União Brasil. O novo partido ainda deve ser aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A cúpula do DEM espera que o processo demore três meses para ser analisado pelos ministros.

Hoje, o DEM tem 28 deputados e seis senadores, incluindo o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Já o PSL tem 53 deputados e uma senadora.

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, disse na convenção que a fusão deve levar á formação da maior legenda do país. Porém, o processo pode desencadear à saída de vários filiados dos dois partidos. Um dos que foram contrários a fusão foi o ministro do Trabalho e da Previdência e filiado ao DEM, Onyx Lorenzoni.

Os membros do PSL ainda votam a proposta de fusão. A votação acontece em cédulas de papel e o resultado da apuração não havia sido divulgado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.