Cosméticos para tratamento de cabelo são proibidos no Brasil. Veja lista

Conforme Diário Oficial, os produtos encontrados no mercado deverão ser apreendidos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a fabricação, distribuição e uso de cinco cosméticos para cabelo no Brasil. A resolução é do dia 2 de janeiro, sexta-feira, e foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira (5/1). Veja quais são os cosméticos:

  • Speed Hair, Complex Reduction, selagem térmica, 1l. Fabricado por Denco Indústria e Comércio de Cosméticos Ltda. – EPP
  • Trend Liss, tratamento italiano “Capelli Perfetti” cosméticos, argan oil, selante térmico, 1l. Fabricado por Eternity Cosméticos
  • Larissa Hair, máscara hidratante, 300 mg. Fabricante desconhecido
  • Prolab, Fly Professional, 1l. Fabricante desconhecido
  • Tratamento Capilar Indiano, Zahhara Profissional, redutor, 1l. Fabricado por Marco Antonio de Souza Cosméticos

Conforme resolução, constatou-se que esses cosméticos, produzidos por empresas sem autorização de funcionamento, não possuem registro ou cadastro na Anvisa. O texto estabelece que os produtos encontrados no mercado deverão ser apreendidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.