Brasil retorna ao Conselho de Segurança da ONU depois de 10 anos fora

Decisão veio em votação nesta sexta-feira, 11. A última participação brasileira ocorreu entre 2010 e 2011

Reunião do Conselho de Segurança da ONU | Foto: Eskinder Debebe / ONU

Nesta sexta-feira, 11, o Brasil foi eleito membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU pela 11ª vez. A decisão veio em uma votação da Assembleia Geral, retornando ao conselho após 10 anos.

O Conselho formado por cinco membros permanentes, com direito ao veto – Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, França e China. Além de 10 membros não-permanentes, que são eleitos pela Assembleia Geral para um mandato de dois anos. Segundo reportagem do O Globo, o país era o único candidato do grupo que engloba a América Latina e Caribe, que, desde 2006, tem uma tradição de não haver competição para a candidatura, com um rodízio de países planejado antecipadamente.

Por meio de nota, o Itamaraty  disse que “o resultado refletido o reconhecimento da contribuição histórica brasileira para a paz e a segurança internacionais. No Conselho de Segurança, o Brasil buscará traduzir em contribuições tangíveis a defesa da paz e da solução pacífica das controvérsias, dentre outros princípios inscritos na Constituição Federal de 1988 e na Carta das Nações Unidas. O País pretende, ainda, fortalecer como missões de paz da ONU e defensor dos mandatos que corroboram uma interdependência entre segurança e desenvolvimento “, diz a nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.