Balança comercial goiana tem incremento de 32,53% em março

Mais da metade das exportações foram destinadas à China, com destaque para soja

Colheita de soja | Foto: Reprodução

O Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) divulgou, nesta terça-feira (07/04), dados atualizados da balança comercial goiana. Com um incremento de 32,53% em março, quando comparado a igual período do ano passado, o saldo foi impulsionado por um aumento expressivo nas exportações de soja.

As exportações goianas cresceram 18,73% no mês de março, no comparativo com março/2019. O principal destino da produção foi a China, com 58,4% das exportações. Novamente, a soja teve papel fundamental no resultado. O produto in natura representou 92,9% das saídas para o país asiático, um crescimento de 42,9% quando comparado a igual período de 2019.

Com isso, Goiás avançou três posições no ranking nacional, sendo o oitavo Estado que mais exportou no Brasil.

Em direção oposta, o relatório do CIN/Fieg aponta redução nas exportações para Espanha (-59%), Itália (-76%) e Irã (-78%). O resultado é desdobramento do aumento de casos de coronavírus nesses países no mês de março, impactando diretamente na balança comercial goiana.

Já as importações tiveram aumento mínimo de 0,97% quando comparado a igual período do ano passado. Em relação à fevereiro/2020, o incremento foi de 17,63%, com destaque para insumos destinados à fabricação de produtos relacionados ao combate e prevenção ao coronavírus. Irlanda e Alemanha se destacaram como fornecedores de indústrias goianas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.