Agenor Mariano e Andrey Azeredo confirmam pré-candidaturas à Prefeitura de Goiânia

Vice-prefeito e ex-secretário oficializaram que disputarão a convenção marcada para a sexta-feira (5/8) 

Agenor Mariano e Andrey Azeredo | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção/ reprodução

Agenor Mariano e Andrey Azeredo | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção/ reprodução

O atual vice-prefeito de Goiânia, Agenor Mariano encaminhou, na manhã desta quarta-feira (3/8), ofício à direção metropolitana do PMDB oficializando seu nome para a convenção do partido nesta sexta (5) que definirá o candidato à Prefeitura de Goiânia.

Ao Jornal Opção, o vice-prefeito confirmou que é pré-candidato e que passa a ser o único verdadeiramente de oposição. “Vanderlan Cardoso (PSB), Delegado Waldir (PR), Luiz Bittencourt (PTB) e Francisco Júnior (PSD) estão na base do governador Marconi Perillo (PSDB). Já Adriana Accorsi (PT) é a candidata do atual prefeito [Paulo Garcia, do PT]”, explica.

Na avaliação de Agenor Mariano, por sua experiência no cargo — na situação e, agora, na oposição –, é o único que conhece de verdade Goiânia e a administração da cidade. Ademais, sua entrada na disputa causa uma “reviravolta” nas alianças já firmadas e, sem nominar, garantiu que outros partidos já o procuraram.

Da juventude, é o peemedebista mais próximo e seria o nome do casal Iris-Íris para a disputa. Consta que, após longas conversas, o ex-governador teria concordado em apoiar integralmente Agenor para prefeito. Com isso, o próprio senador Ronaldo Caiado (que tem compromisso com Iris Rezende) vai bancar o candidato do PMDB.

O presidente metropolitano do PMDB, deputado estadual Bruno Peixoto, era o mais cotado para a disputa — e o que melhor pontuava nas pesquisas –, mas afirmou, inclusive ao Jornal Opção, que se sente “desestimulado”.

Outro nome

Além de Agenor Mariano, o ex-secretário municipal de Trânsito Andrey Azeredo oficializou seu nome na pré-campanha. Em carta, afirmou que o PMDB, “com tanta história e responsabilidade”, precisa ter uma candidatura própria e oferecer “sua força para um salto de qualidade na vida dos goianienses”.

“É urgente fazer de novo aquilo que Iris Rezende fez em outros tempos, levando Goiânia a ter um salto de gestão e avançar no atendimento à população. Mais do que obras, agora é preciso tornar os serviços eficientes, mais acessíveis, confortáveis. É preciso usar a tecnologia disponível e encontrar soluções inovadoras e definitivas”, escreveu.

Contudo, Andrey Azeredo deve mesmo disputar vaga à Câmara Municipal de Goiânia.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.