Assim como aconteceu na Câmara Municipal de Goiânia, que antecipou a eleição da Mesa Diretora do biênio 2023/2024, no ano passado, o atual presidente da Câmara Municipal de Aparecida, André Fortaleza (MDB), foi reeleito em outubro de 2022. Na ocasião, a proposta contou até com o retorno da vereadora Valéria Pettersen (MDB), para votar.

A parlamentar é licenciada do Poder Legislativo aparecidense, desde que assumiu a Secretaria de Relações Institucionais de Goiânia. Com o voto dela, Fortaleza venceu por 15 votos o vereador Aldivo Araújo (MDB), que recebeu oito votos.

Agora, segundo Fortaleza, é a própria Pettersem que tem feito um ‘motim’ de vereadores para fazer o impeachment dele. Recentemente, o presidente tem tido conflitos públicos com o prefeito Vilmar Mariano (Patriota).

Além da derrubada dele, um grupo de parlamentares têm buscado uma independência maior sobre os gabinetes, como igualar o número de assessores, que em média são sete, com livre nomeação e exoneração, sem interferência direta da Presidência.