No voto, o procurador de justiça não perde eleição no Ministério Público de Goiás

Foto: André Costa

Se depender dos procuradores e promotores de Justiça, Benedito Torres será indicado para o cargo de procurador-geral de justiça de Goiás. Pelo voto, foi o primeiro colocado, derrotando duas pedreiras, Ana Maria, bancada pela procuradora Ivana Farina, e Rodney Silva, apoiado pelo procurador-geral, Lauro Machado.

Agora, Benedito Torres só depende da indicação do governador Marconi Perillo, que, como político vencedor, costuma escolher o primeiro colocado.