Eleitores de Piracanjuba não param de fazer novenas e rezar terços. Motivo: torcem para que 2016 chegue mais cedo para que o prefeito Amauri Ribeiro (PRP) seja derrotado por Naudiomar Elias (PMDB), José Lourenço (PSDB) ou Weslei Borges (PSD).

Como Naudiomar Elias tem problemas no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e José Lourenço não quer trocar um salário de 18 mil reais — como presidente da poderosa Cooperativa Mista dos Produtores Rurais de Piracanjuba — pelos 9 mil reais que o prefeito do município recebe, é provável que Weslei Borges, apoiado pelo secretário Vilmar Rocha, seja o candidato para enfrentar Amauri “Pauleira” Ribeiro.