Delegado Waldir e Francisco Júnior polemizam em debate da Rádio Interativa

O candidato do PSD a prefeito de Goiânia, Francisco Júnior, apertou o candidato do PR, Delegado Waldir Soares. Ele perguntou sobre a verticalização de Goiânia e o delegado-deputado não quis ou não soube responder adequadamente. Optou por atacar os candidatos. “E o senhor foi secretário de Planejamento do candidato Iris Rezende, que tem fugido aos debates aqui de forma sistemática, acho que não quer se explicar. Aconteceu durante esse período da gestão dele, uma verticalização, uma troca. Inclusive uma troca de áreas do município. O município recebeu através de moedas podres e até através de lotes”, afirmou o candidato do PR.”

Iris Rezende deixou de fato bombas para o sucesso, e nisto Delegado Waldir Soares está certo. É preciso mesmo desmitificar o peemedebista como gestor eficiente e preocupado com a cidade. A especulação imobiliária livre para reinar na capital é um problema gerado, em larga medida, pelo candidato do PMDB quando era prefeito da capital.

Porém, como o Delegado Waldir não explicitou de maneira ampla o seu raciocínio, Francisco Júnior acrescentou que, desde que feita com critérios, a verticalização é positiva. “A verticalização economiza para a cidade. Quando eu construo de forma sustentável, respeitando a permeabilidade, respeitando a própria legislação, ela economiza infraestrutura. A cidade mais compacta, o urbanismo moderno defende bastante. O que a gente critica é você pegar o cidadão mais humilde e jogá-lo pra longe.”

Sentindo-se pressionado, o Delegado Waldir partiu para o ataque e foi rebatido por Francisco Júnior, sempre sereno. “É muito complicado decorar alguns conceitos e se sentir especialista na área. Administrar uma cidade, delegado Waldir, é coisa séria. E precisamos ter conhecimento e conteúdo. Eu lamento que o senhor tenha partido para uma agressão pessoal, naquele momento. Eu já administrei bilhões em dinheiro público e não tenho um processo contra mim. E se tem uma coisa que eu valorizo é a minha dignidade.”

Mas numa coisa Delegado Waldir Soares está certo e Francisco Júnior não soube fazer a crítica de Iris Rezende: a verticalização excessiva, sem critério, está provocando problemas inclusive no lençol freático. Edifícios altíssimos, em determinados setores, acabam por gerar tumultos nas ruas, pois não há espaço para tantos carros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.