O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, tem deixado a articulação para viabilizar aliança com o novo governo do PT com o senador Otton Alencar, da Bahia. A afirmação é do presidente estadual do partido em Goiás, Vilmar Rocha.

Segundo Vilmar, o senador baiano é muito ligado ao PT e, por isso, tem grande abertura para garantir melhor sintonia com o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Eu acredito que o PSD e o MDB, esses dois partidos, vão acompanhar e apoiar o governo Lula”, opina.    

Enquanto isso, o goiano citou que Kassab “está mais concentrado em São Paulo”. Naquele estado, o PSD apoiou a candidatura vitoriosa do ex-ministro do governo de Jair Bolsonaro (PL), Tarcísio de Freitas (Republicanos).