Passagem de ônibus em Goiânia sobe para R$ 3,30 a partir desta segunda

Ônibus do transporte coletivo de Goiânia: valor subiu 50 centavos

Ônibus do transporte coletivo de Goiânia: valor subiu 50 centavos

O goianiense tem um motivo a menos para “pular carnaval”. Na última sexta-feira, 13, a Companhia Metro­politana de Transportes Co­letivos (CMTC) anunciou que a tarifa dos ônibus do transporte coletivo da região me­tropolitana de Goiânia passará de R$ 2,80 para R$ 3,30 a partir desta segunda-feira, 16.

De acordo com o órgão, foi realizado um estudo tarifário, que obteve posicionamento favorável e formalizado da Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR).

A revisão da tarifa foi avaliada e aprovada, por unanimidade, pelos membros da Câ­mara Deliberativa do Trans­porte Coletivo (CDTC) — presidida pelo prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT). A data para a entrada em vigor do novo valor também foi aprovada.

No comunicado, a CMTC explica que a impossibilidade de desoneração da tarifa por meio de aportes mensais assumidos, no ano passado, pelo governo do Estado de Goiás — que corresponderia a 50% do total das gratuidades tarifárias —, a tarifa precisou ser “recomposta” passando de R$ 2,80 para R$ 3,30.

“O não pagamento das gratuidades modificou a estrutura de custo fixada originalmente no contrato de concessão do serviço. A operação do transporte coletivo também receberá o incremento de mais mil novas viagens diárias. O novo valor será cobrado a partir das 5 horas de segunda-feira, 16”, justifica a CMTC em nota.

Com o aumento de 50 centavos, o preço cobrado pela passagem do transporte público em Goiânia passou a ser o terceiro maior do país, segundo levantamento feito pelo Jornal Opção Online.

A maior tarifa, pouco maior, é a da cidade de São Paulo, que chega a R$3,50. Já no Rio de Janeiro o valor é de R$ 3,40.

 

Caiado colhe assinaturas para CPI do BNDES

Líder do Democratas no Se­nado, o goiano Ronaldo Caiado começou a coletar assinaturas para a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar empréstimos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A ação do parlamentar sucede a entrevista do procurador da Re­pública Helio Telho ao Jornal Opção, quando este atentou para a possibilidade de um escândalo ainda maior que o mensalão ou o “petrolão”. Os requerimentos pedem apuração de financiamentos com indícios de ilegalidades, como os concedidos ao grupos JBS Friboi e Sete Brasil.

 

Friboi diz que fica no PMDB e não teme represálias

Após reunião da Executiva estadual e da Comissão de Ética do PMDB na última semana, Júnior Friboi se diz “tranquilo” com os pedidos de expulsão contra ele.

De acordo com o empresário, a ação partiu de uma minoria e que esta não retrata a situação atual do partido. Para ele, faltam provas e há uma tentativa de impedi-lo de pleitear a direção estadual nas eleições do fim do ano. “Uma meia dúzia que não têm argumentos. Estou no PMDB, continuarei no PMDB e não vão conseguir me expulsar”, afirma ele categoricamente.

Friboi revelou, ainda, que pretende convidar Vanderlan Cardoso (PSB) para se filiar ao PMDB e disputar a prefeitura de Goiânia.

 

Governador recebe bênçãos do Papa Francisco em Roma

O governador Marconi Perillo (PSDB) dedicou parte da agenda da missão oficial à Europa na última semana para um encontro com o Papa Francisco, na Praça São Pedro, no Vaticano.

Acompanhado da primeira-dama Valéria Perillo e do presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Hélio de Sousa (DEM), o tucano foi à Audiência Geral do Papa, realizada tradicionalmente sempre às quartas-feiras, a convite da Em­baixada do Brasil na Santa Sé.

Ao final do pronunciamento, o Papa Francisco cumprimentou os presentes. Entre eles, o chefe do Executivo goiano, que foi abraçado e abençoado.

No Velho Continente, Mar­coni busca investimentos estrangeiros, apresentando as potencialidades econômicas de Goiás ao empresariado europeu.

 

Artista Tomie Ohtake morre aos 101 anos em SP

A artista plástica Tomie Ohtake morreu na última quinta-feira, 12, aos 101 anos, em São Paulo.

Japonesa naturalizada brasileira, ela estava internada desde o 2 de fevereiro no Hospital Sírio Libanês, tratando de uma pneumonia.

Tomie estava prestes a receber alta, mas aspirou suco gástrico, sofreu uma parada cardíaca e foi internada na UTI do hospital.

A centenária artista nasceu em Kyoto, Japão, se mudou para São Paulo em 1936 e começou a pintar nos anos 1950. No início dos anos 1960, a japonesa realizou uma série de obras pela qual ficou muito conhecida, chamada “Pin­turas Cegas” — telas que pintou vendada.

Entre suas características mais marcantes, estão as relações únicas que produzia entre formas geométricas e cores, bem como sua fidelidade ao abstracionismo­­.

 

Paulo Garcia anuncia reforma na Prefeitura e extingue 11 pastas 

Paulo-Garcia-Reforma-Dias-Neto-Prefeitura

O prefeito Paulo Garcia (PT) anunciou na última semana, no Paço Municipal, o projeto de reforma administrativa da Prefeitura de Goiânia. Com a ação, 11 pastas devem ser extintas e uma agência com status de primeiro escalão deve ser criada. Desta forma, o número de secretarias passará de 27 para 17.

O projeto vai ser enviado para a Câmara Municipal na quinta-feira após o carnaval, 19. Os vereadores devem, então, discutir a proposta e votá-la.

As secretarias extintas serão as seguintes: Habitação; Gestão de Pessoas; Casa Civil; Juventude; Igualdade Racial; Deficiência e Mobilidade Reduzida; Fisca­lização; Turismo, Esporte e Lazer; Ciência, Tecnologia e Inovação; e duas secretarias extraordinárias.

O prefeito pretende chegar a uma economia de aproximadamente R$ 72 milhões anuais.

 

Entre Aspas

macale“Não preciso da Ordem para ser reconhecido. Sou respeitado. Não preciso fazer nome”
Sebastião Macalé, após protocolar renúncia à vice-presidência da OAB-GO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.