Winiká recebe exposição de desenhos e serigrafias de grandes artistas goianos

Mostra especial reúne nomes da arte em Goiás com curadoria da galerista Virgínia Goulart a partir da próxima quinta-feira (7/7)

Serigrafia de Siron Franco

Serigrafia de Siron Franco, que estará exposta na mostra do Winiká 

O restaurante Winiká abre suas portas nesta quinta-feira (7/7) para receber a exposição Grandes Artistas Goianos. Idealizada pela galerista Virgínia Goulart, que cedeu temporariamente parte de seu acervo, a vernissage tem início às 19h30 e a mostra ficará em cartaz até agosto.

Grandes Artistas Goianos será toda em papel e configurada em dois espaços. No piso térreo do restaurante, localizado no Setor Bueno, estarão obras de períodos diferentes, desde os anos 1980 até os dias atuais. São serigrafias e desenhos de Siron Franco, Ana Maria Pacheco, Marcelo Moscheta, Carlos Scliar, Pitágoras e Leonam Fleury.

“Por reunir obras de coleção, não há um foco dirigido a um período específico. O objetivo é agrupar propostas estéticas que, embora realizadas por artistas distintos em períodos diferentes, em algum momento trazem alguns elementos e denominadores comuns”, explica Goulart.

No mezanino, haverá uma exposição à parte, com desenhos e objetos mais recentes (de 2013 a 2016), de cinco artistas: Fernando Costa Filho, Juliano Moraes, Leonam Fleury, Pitágoras e Suelita Costa. “Embora mantenham as características de cada autor, e se apresentem em abordagens diferentes e opostas, esteticamente, as obras estão afinadas entre si”, assegura a galerista.

Esta não é a primeira vez que o Winiká hospeda uma exibição de arte. A proprietária do restaurante, que é grande entusiasta das várias formas de expressão artística, busca inovar na maneira como recebe clientes. “Queremos sempre proporcionar a quem visita nosso Winiká uma experiência que ultrapasse o paladar além de, claro, prestigiar estes grandes artistas locais, conhecidos mundo afora”, diz Isabel Araújo.

“A parceria com o Winiká leva em conta a qualidade e excelência do restaurante, e a presença entre seus frequentadores, de formadores de opinião e colecionadores de arte”, completa a curadora da mostra.

Formada em Piano e Teoria Musical pelo antigo Conservatório Goiano de Música, Virgínia Goulart começou, em 1984, como produtora cultural, realizando e promovendo eventos na área de artes visuais. Representou a Pratt Contemporary Art (Inglaterra) e sua principal artista Ana Maria Pacheco, de 1996 a 2006, no Brasil. Com longa carreira, passou por locais como o Balé do Estado; Museu de Arte Contemporânea de Goiás; e Centro de Formação Artística (CFA) da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Desde 2011, é responsável pela documentação do Museu Pedro Ludovico.

O restaurante
Durante a vernissage, o Winiká estará em funcionamento normal e com cardápio renovado, sob o comando do chef Rafael Cardoso. Paulistano, conhecido pelo programa Chef a Domicílio do Discovery Home & Health, ele renovou a parceria com o Winiká após a participação da Casa Cor Goiás 2016.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.