Vice-governador de Goiás e embaixador da França garantem estreitamento de relações comerciais

Em entrevista, José Eliton afirmou que gestão estadual irá insistir em uma “política agressiva” visando a atração de investimentos estrangeiros para o Estado

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com o objetivo de “mostrar um pouco de Goiás aos franceses”, o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton (PP), participou na tarde desta quinta-feira (5/2) de uma reunião com o embaixador da França no Brasil, Denis Pietton. Acompanhados de um delegação formada por diretores e executivos de grandes empresas com matriz na França — dentre elas, a Accor, do ramo hoteleiro, e o Carrefour —, os representantes se comprometeram quanto ao estreitamento das relações entre o Estado e o país.

Em uma apresentação de cerca de meia hora, José Eliton explanou sobre as potencialidades do Estado e enalteceu o crescimento econômico registrado desde 1998, ano em que o governador Marconi Perillo (PSDB) assumiu pela primeira vez o cargo de chefe do Executivo Estadual.

“Tenho a convicção em falar que Goiás não perde hoje para nenhum Estado do país, seja na competição relacionada às nossas políticas de incentivo fiscal ou tributário, seja em relação às diversas políticas de oferta de infraestrutura necessárias para empreendimentos e investimentos”, afirmou o vice-governador em coletiva de imprensa após a reunião.

Atualmente, conforme demonstrou José Eliton em sua apresentação, as relações entre França e Goiás são bastante “tímidas”. Portanto, a gestão estadual deve insistir em uma “política agressiva” no que diz respeito à atração de empreendimentos e investimentos para o Estado.

Para tanto, conforme informou o pepista, o governo estadual irá iniciar uma série de ações visando o estreitamento de vínculos com outros países, como os Estados Unidos e Rússia, cujas relações com o Estado goiano também são consideradas deficitárias. “Continuaremos com um trabalho continuado e crescente”, explicou José Eliton.

Durante discurso, o embaixador da França se mostrou entusiasmado frente à possibilidade de ampliar as relações com Goiás, o qual classificou como “um dos estados mais dinâmicos do Brasil”. “Estamos aqui para estreitar essas relações. Pensamos que as empresas francesas têm muitos trunfos para oferecer ao Estado, como na área de saneamento e transporte, por exemplo”, pontuou.

Após explanação do vice-governador e apresentação da comitiva francesa, o superintendente do Comércio Exterior, Bill O’Dwyer, passou a comandar a reunião tratando de demandas específicas com a comitiva francesa, como as obras para a construção do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na capital goiana.

Na sexta-feira (6), a delegação empresarial ainda vai realizar uma visita técnica ao Centro de Pesquisa da empresa Limagrain Guerra Sementes, também em Goiânia.

Deixe um comentário