Vereador propõe título de cidadão goianiense ao ministro Sergio Moro

“Esse homem dignifica, ele me representa, me deixa realizado em ser brasileiro, e é uma demonstração de eu dizer, eu acredito, eu apoio, eu respeito”, justificou Clécio Alves

Foto: Reprodução

O vereador Clécio Alves (MDB) propôs, nesta quinta-feira, 27, na Câmara Municipal de Goiânia, o título de cidadão goianiense para o Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. O parlamentar falou ao Jornal Opção que tem certeza da aprovação do projeto, que seguirá para votação.

“Eu tenho certeza que receberei a aprovação porque eu tenho ouvido as pessoas que admiram, respeitam e sentem orgulho de ter um brasileiro como Sergio Moro fazendo seu papel, agora como ministro da Justiça”.

E pontuou: “Esse homem dignifica, ele me representa, ele me deixa realizado em ser brasileiro, e é uma demonstração de eu dizer, eu acredito, eu apoio, eu respeito e eu quero que esse homem tenha o respeito que ele merece, espero que a Casa também entenda dessa forma e aprove esse título de cidadão, e que ele possa aceitar e vir aqui receber, e caso ele aceitar, possamos receber ele aqui com uma grande festa cívica, de um estadista, de um homem que merece o respeito de toda a nação brasileira e de outras nações que também acompanham o trabalho dele”.

Clécio afirmou que na condição de brasileiro, e não na condição de estar vereador, tem orgulho do ministro. O parlamentar disse ainda que, no começo das ações do então juiz, ele sabia que não iria demorar a inverterem a situação.

“Eu dizia que esses bandidos que estão saqueando e roubando o Brasil iriam querer inverter, dizer que o bandido é o juiz Sergio Moro, e que eles são os honestos da pátria, e é o que está acontecendo agora, nós estamos acompanhando uma ação criminosa de pessoas que usam as redes sociais de forma irresponsável e criminosa, grampeando conversas que ninguém sabe se são verdadeiras ou não, com a única e exclusiva intenção de colocar Sergio Moro como bandido, e os que ele prendeu, que estão na cadeia, e que ainda estarão na cadeia, e é bom que se diga”.

Para o vereador, Sergio Moro agiu de forma imparcial: “Tem gente do MDB, do meu partido, tem gente do PT, do PSDB, PSD, tem gente de todas as agremiações partidárias, como demonstração da responsabilidade desse homem”.

Quando questionado sobre as regras de propositura do título de cidadão goianiense, lembradas na última quarta-feira, 26, pela vereadora Tatiana Lemos (PCdoB), e que levam em consideração o serviço de relevância prestado ao município pelo homenageado, Clécio alegou: “Sergio Moro fez algo em benefício de Goiânia, de Aparecida de Goiânia, de Brasília, de Porto Alegre, da cidade menor de Goiás, que é a Anhanguera, ele fez um favor, um serviço ao povo brasileiro. Ele fez uma faxina naquilo que é o lixo do lixo da política brasileira e do mundo empresarial brasileiro. Então, as ações do juiz Sergio Moro são mais do que suficientes para justificar essa homenagem de Goiânia, ele prestou, sim, um grande serviço ao povo goianiense, eu tenho certeza disso”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Deusimar

Vereador que propõe título de cidadão, está atestando a incompetência de propr projetos aos cidadãos que os elegeram,o povo não vive de títulos de cidadãos.