Vereador pede fim da Zona 40 no Centro de Goiânia no período noturno

Justificativa de Lucas Kitão (PSL) é que criminalidade tem aumentado devido à limitação da velocidade 

Vereador Lucas Kitão | Foto: Câmara Municipal

O vereador Lucas Kitão (PSL) apresentou requerimento, na sessão desta terça-feira (22/8), pedindo que a Prefeitura de Goiânia restrinja as autuações na chamada Zona 40, no Centro de Goiânia, a apenas o período diurno.

Segundo ele, à noite, e em especial durante as madrugadas, a limitação de velocidade a 40 km/h tem contribuído para o aumento de crimes na região.

“Nós já havíamos solicitado o fim completo, que fosse aumentada a velocidade máxima para 60 km/h, mas o prefeito decidiu manter o projeto. Então, peço que a limitação funcione apenas no horário comercial”, explicou.

Durante coletiva, o jovem vereador citou o exemplo das marginais de São Paulo que, sob a gestão do prefeito João Doria (PSDB), tiveram os limites aumentados sem “maiores prejuízos” à sociedade.

“A indícios, estudos, que mostram que a Zona 40 diminuiu o número de acidentes, mas nada de outro mundo. Se colocar na balança não vale a pena. Eu particularmente acredito que a Zona 40 aumenta o congestionamento. Esse trabalho para evitar acidentes é feito não só com limitação de velocidade e sim com fiscalização e conscientização”, argumentou.

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), implantou a Zona 40 em fevereiro do ano passado com o objetivo de reduzir o número de acidentes, em especial os atropelamentos, bem como garantir o uso de outros modais, como as bicicletas, no chamado “manto sagrado” de Goiânia.

Veja abaixo:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.