Um ano em que o debate e a abertura foram as marcas da Assembleia, diz Karlos Cabral

Presidente da Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento avalia que realização de audiências públicas pôde dar chance ao povo de opinar

Deputado estadual Karlos Cabral (PDT) | Foto: Divulgação

“Ano altamente produtivo”, diz o deputado estadual Karlos Cabral (PDT) sobre a atuação dos parlamentares na Assembleia Legislativa em 2019. Segundo ele, foi um ano recorde em projetos aprovados e sancionados se comparado com outras legislaturas.

Cabral afirma que o fato de o Estado passar por um momento delicado nas finanças, abriu espaço para o debate. “Goiás está com déficit orçamentário, as leis que chegam na casa legislativa estão sendo amplamente debatidas. Foi um ano em que o debate e a abertura foram as marcas da Assembleia”, avalia.

As discussões sobre a Lei Orçamentária Anual, o Plano Plurianual e a Lei de Diretrizes Orçamentárias, que passaram pela Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento da Assembleia e a realização de audiências públicas para discussão do orçamento do Estado foram destaques do parlamentar para 2019.

“Isso foi um marco na Comissão, pois o povo pôde conhecer como de fato é formado o orçamento, pôde opinar, dar sugestões. Votamos uma lei orçamentária que teve ampla participação popular, o que nunca foi visto aqui antes”, celebra Karlos Cabral, que é presidente da Comissão de Tributação e Finanças e Orçamento.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.