Último grande acampamento de migrantes em Paris é desativado

Segundo a agência AFP, 26 veículos foram mobilizados para transportar as pessoas para os 900 espaços de acolhimento

Mais de 700 migrantes começaram a ser retirados de uma escola desativada em Paris nesta sexta-feira (23), onde viviam desde julho deste ano em condições insalubres. Eles estão sendo transportados para abrigos.

A operação, que contou com um forte dispositivo de segurança, envolveu o acompanhamento de assistentes sociais e de agentes dos serviços de imigração.

Segundo a agência AFP, 26 veículos foram mobilizados para transportar os migrantes para os 900 espaços de acolhimento.

A escola começou a ser ocupada em julho por migrantes. Em setembro, havia 700 migrantes, a maioria homens sudaneses, afegãos e eritreus. Em 26 de setembro, a Justiça francesa deu um mês aos ocupantes para abandonarem o local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.