UFG divulga nota de pesar por morte de estudante a favor de ocupa├º├Áes

Guilherme da Silva Neto foi assassinado pelo pai que era contra o envolvimento do filho nas manifesta├º├Áes contra a PEC 241/55

A Universidade Federal de Goi├ís (UFG) divulgou na noite da ├║ltima ter├ºa-feira (16/11) uma nota de condol├¬ncia pelo falecimento do estudante estudante do curso de Matem├ítica, Guilherme da Silva Neto. “A Universidade Federal de Goi├ís (UFG) lamenta o falecimento do jovem Guilherme Silva Neto, estudante de Matem├ítica da Regional Goi├ónia, e presta condol├¬ncias e solidariedade a seus familiares e amigos”, diz a publica├º├úo.

O estudante participava do movimento de ocupa├º├Áes que h├í semanas toma conta de v├írias unidades da institui├º├úo em Goi├ónia e no interior do estado, em protesto contra a PEC 241/55 do teto de gastos p├║blicos que tramita no Congresso Nacional.

Guilherme foi morto a tiros pelo pr├│prio pai na tarde da ├║ltima ter├ºa-feira (15/11), ap├│s desentendimento sobre o envolvimento do jovem no movimento estudantil. O pai de Guilherme, o engenheiro Alexandre Jos├® da Silva Neto, n├úo aceitava que seu filho, estivesse envolvido com movimentos sociais e de ocupa├º├úo de escolas na capital.

O conflito de ideias teria provocado a discuss├úo que resultou na trag├®dia. Depois de ter alvejado o jovem com quatro tiros, o idoso atirou contra a pr├│pria cabe├ºa. Guilherme morreu na hora. O autor dos disparos chegou a ser socorrido pelo Samu, mas faleceu no fim da tarde de ter├ºa.

Esta quinta-feira (16/11) ├® o prazo final dado pela Justi├ºa para reintegra├º├úo de posse dos pr├®dios ainda ocupados. Em comunicado, a reitoria fez um apelo por┬áuma desocupa├º├úo pac├¡fica afirmando que as ocupa├º├Áes “t├¬m provocado acirramento de posi├º├Áes antag├┤nicas dentro da pr├│pria comunidade universit├íria”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.