TSE reafirma segurança das urnas eletrônicas com novo teste

Em coletiva de imprensa, o ministro Luís Roberto Barroso informou que os testes foram bem-sucedidos

Urnas eletrônicas | Foto: reprodução

O Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luís Roberto Barroso anunciou que novos testes foram feitos nas urnas eletrônicas, neste domingo, 12, durante eleições suplementares que ocorreram em duas cidades no interior do Rio de Janeiro.

Foi realizado o chamado “teste de integridade”, quando, no dia da eleição, algumas urnas são sorteadas e submetidas a auditorias independentes. Nessa simulação, que é toda filmada, comprova-se se os votos inseridos na máquina de fato correspondem ao resultado final apresentado no boletim da urna, que informa quantos votos cada candidato teve.

Em coletiva de imprensa, Barroso informou que os testes foram bem-sucedidos e reafirmou a segurança das máquinas. Questionado sobre os recentes ataques feitos a ele pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), disse que só responde questões institucionais. “As [questões] pessoais trato com absoluta indiferença que merecem. O resto é política, não me interessa”.

Desde 1996, quando a urna eletrônica foi instalada no Brasil, nenhum tipo de fraude foi comprovado, segundo o ministro.

*Com informações do O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.