Três homens são suspeitos de matar criança de dois anos a tiros em Aparecida de Goiânia

Alvo do trio não seria a criança e sim o pai da vítima, que também foi baleado, mas sobreviveu

Três homens ainda não identificados são os suspeitos do assassinato de uma criança de apenas dois anos e da tentativa de homicídio contra o pai dela, em Aparecida de Goiânia. Conforme informações da Polícia Civil, o crime ocorreu no início da noite do último domingo (2/11), no Setor Santa Luzia, por volta das 18h45, quando pai e filha foram abordados pelos indivíduos na entrada de uma confraternização familiar.

Em entrevista ao Jornal Opção Online, o delegado responsável pelo caso, Klayter Camilo de Rezende, disse que o alvo do trio não seria a criança, apenas o pai. Ao que tudo indica, a ação criminosa foi motivada por “desentendimento pessoal”. O homicídio foi presenciado por vizinhos, que ainda serão ouvidos pela polícia.

A criança foi atingida no tórax, cabeça e braços e chegou a ser encaminhada ao Hospital de Urgência de Goiânia (Hugo), mas não resistiu e morreu no local. Jonas Wayne Sales Cachoeira, de 23 anos, foi baleado na cabeça e tórax e, após passar por cirurgia, encontra-se em estado grave e internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Chegamos aos três suspeitos por informações que recebemos, mas ainda não descobrimos como se deu a dinâmica dos fatos. Se a criança já estava no colo ou não, essas coisas”, explicou Klayter Camilo de Rezende. Segundo informações da Polícia Militar, Jonas Wayne possui passagens por lesão corporal, ameaça, resistência, desobediência, desacato e posse de entorpecentes.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.