Thiago Peixoto palestra sobre avanços da educação em Goiás na Universidade de Harvard

Ex-titular da pasta representa o Estado em eventos nos Estados Unidos, quando apresentará os resultados do Pacto Pela Educação

Thiago Peixoto durante entrevista ao Jornal Opção | Foto: Fernando Leite

Thiago Peixoto durante entrevista ao Jornal Opção | Foto: Fernando Leite

Goiás será destaque nesta semana em Nova York, nos Estados Unidos. A reforma educacional goiana — o chamado Pacto Pela Educação — será um dos temas de eventos com a temática educacional nas Universidades de Harvard (Cambridge) e Columbia (New York).

Quem irá representar o Estado é o titular da Secretaria de Gestão e Planejamento e ex-secretário de Estado da Educação, Thiago Peixoto.

No evento realizado pelo Teachers College da Universidade de Columbia, o EDUConnect NYC, de 14 a 16 de abril, o secretário falará do Pacto Pela Educação e dos detalhes da reforma educacional que conseguiu alavancar a qualidade do ensino público em Goiás.

Em Harvard, na Brazil Conference, que será realizada nos dias 17 e 18, Thiago será um dos palestrantes dentro do painel que discutirá o Ensino Médio e as políticas públicas voltadas para os estudantes no Brasil e nos Estados Unidos.

Todas as etapas do ensino goiano melhoraram o desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O salto maior foi no Ensino Médio: Goiás saiu da 16ª posição para assumir a liderança do ranking. Já no Ensino Fundamental (1ª e 2ª fases), o Estado ficou na segunda colocação.

A partir de 2011, Goiás reverteu uma tendência de queda nos índices educacionais. Entre 2005 e 2009 o Ideb da 1º fase do Ensino Fundamental caiu da 7ª para a 8ª posição no ranking nacional, enquanto o da 2ª fase caiu de 10ª para 15ª. Já no Ensino Médio, a queda foi do 13º lugar para o 16º.

Em 2011, nos anos iniciais, Goiás atingiu o 5º lugar, chegando a 2º no país em 2013. O avanço nos anos finais do Ensino Fundamental foi da 7ª para a 2ª colocação. Já no Ensino Médio, o Estado subiu para 5º lugar em 2011 e atingiu o 1º em 2013.

Entre as ações, presentes na reforma educacional goiana, que Thiago acredita que Goiás deva exportar para o Brasil estão: a unificação do currículo, a implantação da tutoria pedagógica, a criação de programas de bonificação por resultado para os profissionais da educação, a consolidação de um programa eficaz de combate à evasão e a inclusão de critérios meritocráticos na escolha de diretores das unidades escolares.

Uma resposta para “Thiago Peixoto palestra sobre avanços da educação em Goiás na Universidade de Harvard”

  1. Avatar Diane Valdez disse:

    Isso é alguma pegadinha povo du Goiás?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.