‘Tênis do Satanás’ com sangue humano na sola vira motivo de processo

666 pares do calçado lançado em clipe do rapper Lil Nas X, foram vendidos em menos de um minuto

Tênis satânico do rapper Lil Nas X em parceria com a MSCHF | Foto: divulgação

O “tênis do Satanás” que contém uma gota de sangue humano nas solas se tornou motivo de processo. Isso porque a  Nike decidiu processar o coletivo de arte MSCHF pela criação em parceria com rapper Lil Nas X, de um modelo Nike Air Max 97s customizado. A produção de 666 pares do calçado, referência ao número da besta, se esgotaram menos de um minuto após serem colocados para a venda.

O lançamento do calçado veio após a estreia do clipe da música Montero, do rapper de 21 anos, Lil Nas X. No vídeo é possível observar o cantor descendo por um poste de stripper do céu ao inferno, vestindo o par de tênis, e até fazendo dança no colo de Satanás.

Na customização dos calçados foi colocado a inscrição bíblica Lucas 10:18 que diz: “Vi Satanás cair do céu como um raio” e o valor do tênis é de  1.018 dólares ou R$5.700. Após o lançamento, a Nike, mesmo antes de abrir o processo, disse que não tinha nada a ver com a ação.

Segundo informações do New York Times, a Nike disse que não autorizou e que não aprova o lançamento. A empresa de material esportivo pontua que pode haver confusão e associação de ambos produtos de forma erroneamente  a Nike. “Na verdade, já há evidências de confusão significativas ocorrendo no mercado, incluindo ligações para boicotar a Nike em resposta ao lançamento dos sapatos de Satanás da MSCHF, com base na crença equivocada de que a Nike autorizou ou aprovou este produto”, diz a Nike.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.