Temer dá início à “maratona” para tentar emplacar Reforma da Previdência

Presidente reúne-se com deputados em jantar de líderes da base aliada neste domingo (3)

O presidente da República, Michel Temer (PMDB), reúne-se neste domingo (3/12), às 19 horas, com líderes da base aliada, em jantar na residência do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na pauta, claro, a Reforma da Previdência.

O governo deu início à segunda tentativa de votar o projeto que muda as regras para aposentadoria e corre contra o tempo para convencer os pelo menos 308 parlamentares necessários para aprová-lo. Será uma semana de “mobilização total”.

Em especial porque o último dia de atividades no Congresso, antes do recesso parlamentar, é 22 de dezembro. Na semana passada, o próprio presidente da Câmara reconheceu que faltam “muitos votos” para que seja possível aprovar a reforma da Previdência.

“Estamos tentando construir o texto em cima dos 308 votos [apoio necessário para aprovação]. Mas a gente sabe que está muito longe disso ainda, muito longe mesmo”, disse.

Para o jantar, são esperados os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles; do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira; da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab; da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marco Pereira; dos Transportes, Maurício Quintella; das Cidades, Alexandre Baldy; e da Casa Civil, Eliseu Padilha. O secretário da Previdência Social, Marcelo Caetano, também participará do almoço, segundo o Palácio do Planalto.

Entre os presidentes de partidos, são aguardados no encontro os dirigentes do PMDB, PP, PSD, DEM, PRB, PTB, Solidariedade e PSC. O líder do governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), o líder do PMDB na Câmara, Baleia Rossi (SP), e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), também estão na lista de convidados. (As informações são da Agência Brasil)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.