Ele compunha a chapa junto com o ex-prefeito de Anápolis, o também petista Antônio Gomide

O petista Tayrone di Martino renunciou nesta tarde, em pronunciamento na Câmara Municipal, à candidatura a vice-governador do Estado. Ele compunha a chapa junto com o ex-prefeito de Anápolis, o também petista Antônio Gomide.

Na última semana, Tayrone teve alguns embates com a gestão municipal de Goiânia, encabeçada por Paulo Garcia, e com a executiva do partido por ser contra a reformulação das alíquotas do IPTU, proposta pela prefeitura. O caso chegou a levar à sua suspensão do PT. Segundo o vereador, a situação estava muito difícil para ele e não havia mais condições de que permanecesse como candidato em uma chapa do partido.