Subtenente da PMDF é investigado por participação em estupro coletivo no Entorno

Vítima, de 25 anos, contou que foi violentada por seis homens durante festa em Águas Lindas de Goiás. Policial Irineu Marques Dias foi preso em flagrante após crime

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) investiga a participação do subtenente Irineu Marques Dias, de 44 anos, em um estupro coletivo após uma festa, no sábado (9), em Águas Lindas de Goiás. Uma jovem, de 25 anos, denunciou ter sido abusada por seis homens, entre eles, o militar.

Irineu é subtenente do Batalhão da Polícia Militar Ambiental (BPMA) e foi preso após o crime. Outros dois suspeitos também estão detidos: Thiago de Castro Muniz, de 36 anos, e Daniel Marques Dias, de 37 anos.

Segundo a vítima, ela foi ameaçada com uma arma de fogo e obrigada a entrar num dos quartos da casa. Lá, durante toda a madrugada, teria sido abusada. Os autores foram identificados e conduzidos à 17ª Delegacia Regional do município goiano.

Na audiência de custódia, o juiz de Goiás Rodrigo Victor Foureaux Soares negou a liberação dos suspeitos. O magistrado disse que considerou o relato da vítima “assustador”.

A PMDF informou que aguarda a conclusão do inquérito para dar prosseguimento às apurações sobre o suposto envolvimento do subtenente. “De qualquer forma, a PMDF não compactua com quaisquer desvios de condutas, menos ainda com ações que configurem crimes. Iremos apurar os fatos e tomar as medidas pertinentes”, declarou, em nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.