Sem se vacinar, ídolo do futebol americano Aaron Rodgers testa positivo para Covid

Quarterback do Green Bay Packers desfalcará o time nas próximas rodadas. Revelação expõe um dos maiores jogadores da NFL

Aaron Rodgers tests positive for COVID, is unvaccinated

Aaron Rodgers, ídolo dos Packers e da NFL: Covid após não se vacinar | Foto: Reprodução

Um dos maiores nomes do futebol americano, o quarterback Aaron Rodgers, de 38 anos, não jogará pelo Green Bay Packer contra o Kansas City Chiefs na semana 9 desta temporada da National Football League (NFL).

Motivo? Ele está com Covid-19. Pior: não se vacinou. Jordan Love, a escolha do primeiro turno dos Packers no “draft” de 2020, terá a largada no lugar de Rodgers, observou Rapoport.

Rodgers se junta ao wide receiver Davante Adams na lista de jogadores do time com Covid-19. São basicamente os dois principais nomes da equipe.

Em agosto, Rodgers havia declarado em entrevista que tinha sido “imunizado” ao ser perguntado sobre a vacina.

“Sim, estou imunizado”, afirmou em entrevista coletiva. “Existem caras nesse time que não foram vacinados. Acho que é uma decisão pessoal. Não vou julgá-los”, completou.

Ocorre que estar “imunizado” não necessariamente significa ter sido vacinado. E, ao que tudo indica, foi exatamente isso que (não) aconteceu.

Uma grande decepção para os fãs de seu time e do esporte, sem prejuízo de ser também um péssimo exemplo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.