Segundo exame descarta Ebola em paciente internado no Brasil

As 64 pessoas que tiveram contato com o paciente africano já foram liberadas do monitoramento. Já a liberação do africano Bah dependerá de avaliação médica 

O resultado do segundo e último exame laboratorial feito no africano Souleymane Bah, de 47 anos, descartou em definitivo a possibilidade de infecção do paciente pelo vírus Ebola.

A informação foi concedida pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira. Na ocasião, o titular afirmou que todas as medidas de prevenção e vigilância ao Ebola permanecem. “Entendemos que se trata de uma enfermidade com risco pequeno entre nós”, amenizou.

As 64 pessoas que tiveram contato com o paciente já foram liberadas do monitoramento. Já a liberação do africano Bah dependerá da avaliação da equipe médica que o atende. “A decisão pela alta não me pertence”, explicou Chioro.

Vindo da Guiné, Souleymane Bah chegou ao Brasil no dia 19 de setembro, e deu entrada na última quinta-feira (9) em uma Unidade de Pronto-Atendimento em Cascavel, no Paraná. Na sexta-feira (10), ele foi transferido para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro, referência nacional para casos de Ebola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.