Secretaria Municipal de Saúde promove ação de combate à sífilis em gestantes

Objetivo é conscientizar população sobre a prevenção e tratamento da doença, que pode ser passada de mãe para filho e infectou 79 crianças em 2015

| Foto: Pedro Ferreira/ SMS

Cartilha de conscientização do Dia Nacional de Combate à Sífilis | Foto: Pedro Ferreira/ SMS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promove, na próxima quarta-feira (26/10), o Dia Nacional de Combate à Sífilis. O objetivo da data é conscientizar a população sobre a doença sexualmente transmissível e, assim estimular a prevenção e esclarecer sobre o tratamento da enfermidade.

A  campanha será aberta na Capela São Judas Tadeu, no Jardim Guanabara I, a partir das 8h e a SMS realizará rodas de conversa, palestras, distribuição de preservativos e brindes para gestantes, um dos focos da conscientização. Segundo a secretaria, um dos principais problemas em relação à sífilis é justamente a chamada transmissão vertical, ou seja, da mãe para o filho, o que explica a atenção especial com as mulheres grávidas.

“O foco da campanha são as gestantes com sífilis e seus parceiros sexuais por conta da sífilis congênita, que pode provocar aborto”, explicou a diretora de Vigilância Epidemiológica da SMS, Juliana Brasiel. “Essa ação busca incentivar a população a realizar o exame e aumentar a adesão ao tratamento, que é disponibilizado durante o ano todo”, completou.

O exame para diagnóstico de sífilis é oferecido gratuitamente pela SMS a todas as gestantes durante o pré-natal, no 1º e no 2º trimestre da gestação e no momento do parto, através do teste rápido, com o objetivo de garantir o diagnóstico e o tratamento adequado.

Na capital, apenas em 2015, foram registradas 204 gestantes infectadas e 79 crianças que também nasceram com a doença, de acordo com dados da gerência de Doenças e Agravos Transmissíveis da SMS. Em 2016, o número de crianças infectadas pode ser maior. Apenas até agosto, já foram identificadas 67 delas, com 120 gestantes doentes (Com informações da Secretaria Municipal de Goiânia).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.