Secretária de Saúde presta depoimento na Delegacia de Homicídios

Fátima Mrué será ouvida no âmbito da investigação que apura casos de pacientes que morreram em Goiânia por falta de encaminhamento para leitos de UTI

Fátima Mrué| Foto : Wictória Jhefany / Câmara Municipal

Após adiar duas vezes, a secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué atendeu à intimação e compareceu para prestar depoimento na Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH) na manhã desta terça-feira (22/5).

A Polícia Civil de Goiás investiga denúncia dos vereadores da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Saúde sobre casos de pacientes que morreram por falta de encaminhamento para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quando existem indícios de vagas ociosas em hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O responsável pela investigação é o delegado Rômulo Matos.

Nas outras duas vezes que pediu para que fosse adiado o depoimento, Fátima Mrué alegou que já tinha outros compromissos pré-agendados. Apesar de não ter sido intimada na condição de investigada, o delegado tinha avisado que, caso ela não comparecesse nesta terça-feira, considerava pedir a condução coercitiva e a busca e apreensão de documentos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.