Secretária de Saúde é intimada a prestar depoimento na Delegacia de Homicídios

Inquérito apura casos de pacientes que morreram esperando por vagas em UTIs mesmo com indícios de que existiam leitos ociosos 

Secretária Fátima Mrué | Foto: Câmara Municipal | Foto: Alberto Maia

A Secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué, foi intimada e deve prestar depoimento na semana que vem na Delegacia de Investigações de Homicídios da capital.

A Polícia Civil de Goiás investiga denúncia dos vereadores da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Saúde sobre casos de pacientes que morreram por falta de encaminhamento para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quando existem indícios de vagas ociosas em hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

No âmbito do mesmo inquérito, também está marcado para a semana que vem o depoimento de um servidor da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A investigação é conduzida pelo delegado Rômulo Matos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.