Saque de até R$ 1 mil do FGTS está liberado para 3,8 milhões de trabalhadores

Saiba como consultar se você tem direito ao recebimento extraordinário e o calendário de datas

Pagamentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) extraordinário, iniciado em 20 de abril, serão intensificados neste mês. Ao todo, cerca de 3,8 milhões de trabalhadores poderão realizar o saque de até R$ 1 mil, a partir deste sábado, 14. A Caixa Econômica Federal (CEF) estima que nesta etapa R$ 2,7 bilhões serão disponibilizados pelo Governo Federal, de um total de R$ 30 bilhões direcionados para o pagamento.

Os aniversariantes dos meses de janeiro, fevereiro, março e abril já tiveram os recursos liberados em datas anteriores. As liberações para todos os trabalhadores seguem até 15 de junho, com retirada do dinheiro até o dia 15 de dezembro. A consulta para saber quem tem direito é feito direto no site da Caixa, pelo aplicativo FGTS e nas agências da CEF.

Para a instituição financeira, aproximadamente 42 milhões de trabalhadores estão aptos ao saque extraordinário do FGTS nesta etapa. Por enquanto, o saldo disponível pode ser apenas consultado, mas a retirada e a movimentação do valor na conta seguirá o calendário estabelecido pelo banco.

Caso a pessoa tenha mais de uma conta do FGTS, o saque é feito na ordem: primeiro, as contas relativas a contratos de trabalho extintos, iniciado pela conta que tiver o menor saldo. Na sequência, as demais contas vinculadas, com início pela conta que tiver o menor saldo.

Cabe ressaltar que o saque dos valores do FGTS é facultativo ao trabalhador, que pode indicar que não deseja receber o saque extraordinário, assim a conta do FGTS não será debitada. Para isso, a solicitação para não receber o crédito deve ser feita via aplicativo FGTS ou em qualquer agência da Caixa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.