Saiba quais deputados abriram mão de benefícios e o que acontecerá com o dinheiro

Humberto Teófilo e Alysson Lima abdicaram de benefícios que somam milhões ao final de suas legislatura. Entenda

Fotos: reprodução

Poucos podem saber, mas abrir mão de benefícios é um direitos de cada magistrado eleito. Por isso, e como uma forma de cumprir promessas, os deputados Humberto Teófilo (PSL) e Alysson Lima (PRB) começaram a nova legislatura afirmando que irão ceder os auxílios recebidos.

Humberto Teófilo (PSL), inclusive, já declarou que vai lutar para que todos os deputados sigam seu exemplo. Para isso, ele aposta na criação de um projeto de lei: “Eu fui o único deputado que abriu mão de todos os auxílios. Vou devolver ao erário a verba destinada a mim, além de apresentar dois projetos para revogar os auxílios, um é o auxílio moradia (R$ 3,2 mil mensal) e outro é o auxílio transporte, no valor de R$ 25 mil.”

“Eu abri mão de receber o auxílio moradia, [R$ 3,2 mil por mês, quase R$ 40mil por ano] e cedi as sessões de homenagem, que todos deputados têm direito, mas cada uma sai no valor de R$ 20 mil. Da minha Verba Indenizatória (VI) eu vou devolver 10 mil por mês para devolver para sociedade. Vou devolver R$ 1 milhão em quatro anos como deputado”, afirmou Alysson Lima (PRB). Até o momento ele é o único que se propôs a tamanha devolução, de acordo com o próprio.

Além disso, o parlamentar também explicou o que ocorre quando um deputado tem a iniciativa de devolver recursos para os cofres públicos: “Como esse dinheiro [auxílio moradia] cai direto na minha conta, eu fiz um compromisso público de pegar este dinheiro e converter em filantropia, mas tudo isso com prestação de contas nas minhas redes sociais. Em relação a VI eu não posso mexer, porque este dinheiro volta para o bolo orçamentário da Alego.”

Em todo o Brasil, Assembleias têm aprovado leis para extinguir esses auxílios. Goiás caminha no mesmo rumo, já que os dois deputados, Humberto e Alysson, afirmaram que vão lutar para que as leis sejam aprovadas e que esses valores sejam revertidos em melhorias pra vida do povo goiano.

No site da Câmara dos Deputados é possível conhecer o valor do salário dos deputados e demais verbas parlamentares. A Alego ainda não disponibiliza este detalhamento, mas de acordo com a diretoria da Casa os deputados estaduais contam com 75% da verba de um deputado federal.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.