Ronaldo Caiado alfineta Eduardo Cunha sobre envolvimento de Dilma no “Petrolão”

Presidente da Câmara rebateu: “Nem advogado eu sou para ser comentarista de matéria do Ministério Público”

Foto: Facebook/ Lide

Foto: Facebook | Gustavo Rampini/Lide

Neste domingo, durante o primeiro dia do 14º Fórum de Comandatuba, que vai até a próxima terça-feira (21/4), o senador goiano Ronaldo Caiado (DEM) não perdeu a oportunidade de alfinetar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB).

Em meio a críticas de diversos políticos ao governo Dilma, o peemedebista seguiu a fala do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e disse que impeachment não pode ser baseado em uma tese.

Caiado, por sua vez, presente no evento, enviou uma pergunta por escrito que foi lida pelo Fundador e presidente mundial do Lide, João Doria Júnior. O senador questionou o presidente do Congresso Nacional quanto à Operação Lava Jato. “Se a presidente foi citada 11 vezes e não incluída na lista de investigados, como damos o próximo passo”, perguntou Caiado.

Já Eduardo Cunha rebateu afirmando que o que estava sendo debatido é referente a questões fiscais, e que o senador fala de uma investigação da Polícia Federal. “Nem advogado eu sou para ser comentarista de matéria do Ministério Público”, respondeu Cunha, rindo.

Uma resposta para “Ronaldo Caiado alfineta Eduardo Cunha sobre envolvimento de Dilma no “Petrolão””

  1. Avatar Gaucho disse:

    E um SINICO corrupto nao tem argumento muito
    menos moral para contestar uma VERDADE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.