Dias também foi presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) no governo de Jair Bolsonaro, em 2019

Rodrigo Sergio Dias | Foto: Divulgação

Rodrigo Sérgio Dias, primo de Alexandre Baldy, também foi detido temporariamente nesta quinta-feira, 6, em operação da Polícia Federal que investiga esquema de recebimento de propinas da organização social Pró-Saúde em Goiás.

Dias foi presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) no governo de Jair Bolsonaro. Ele permaneceu no cargo até dezembro de 2019 e foi substituído por Karine Silva dos Santos.

Ele é investigado por indícios de corrupção, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa. (Com informações do Valor Econômico)