PT lança pré-candidatura de Lula um dia após condenação

Com a sentença desta quarta–feira (24/1), o PT acelerou o cronograma para brigar pelo registro de Lula na disputa pela presidência

Mesmo após a derrota por unanimidade no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), a direção nacional do PT se reune nesta quinta-feira (25/1) para reafirmar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à presidência da República.

A reunião acontece na sede nacional da Central Única de Trabalhadores (CUT), em São Paulo, e conta com a presença de Lula, da ex-presidente Dilma Rousseff e Gleise Hoffmann, presidente nacional do partido.

Com a sentença desta quarta-feira (24/1), que manteve a condenação do presidenciável e aumentou a pena para 12 anos e 1 mês, em regime fechado, o PT acelerou o cronograma para brigar pelo registro de Lula na disputa pela presidência.

O encontro da executiva tratará dos cenários a partir de agora, inclusive com a possibilidade de prisão de Lula.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.