PSOL também tem socialista evangélico como pré-candidato ao governo de Goiás

Policial assumidamente gay não é o único nome do partido socialista na disputa de 2018

Pré-candidatos do PSOL pelo Governo de Goiás, professor Weslei e Fabrício Rosa

O agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e PM da reserva Fabrício Rosa — alvo de atenção da imprensa nesta semana por ser assumidamente gay — não é o único pré-candidato do PSOL ao governo de Goiás. O presidente estadual da sigla, o professor Weslei Garcia de Paulo, também concorre à vaga dentro do partido.

O professor Weslei, como é conhecido, é evangélico e alega que possui condições de defender princípios fundamentais do programa socialista, representá-lo junto às organizações sindicais e movimentos sociais e comprometer com a população goiana.

O socialista ganhou notoriedade em 2014 como candidato ao governo do Estado de Goiás, principalmente, por sua atuação em debates com adversários. Filiado ao partido desde 2005, professor Weslei, presidiu o Diretório Municipal de Valparaíso e exerce, atualmente, o segundo mandato como presidente regional do partido.

“É necessário resgatar a estima do governo goiano diante de sua população. Goiás pode mais. E pra isso, temos que trabalhar em nome e para o povo. Precisamos de um governo que se preocupe com os mais pobres”,defende professor Weslei.

Professor da rede municipal de ensino de Valparaíso, Weslei tem a educação como uma de suas prioridades, principalmente na defesa da jornada ampliada, da titularidade na educação e um sistema educacional libertador. “Uma educação de qualidade transforma a vida das pessoas. Precisamos de trabalhadores na educação bem pagos.”

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

carine vieira lima

não devemos descarta dr joao adriano de posse go um forte nome no nordeste goiano, para concorrer o governo;