PSL fará mutirão de filiações em apoio a Bolsonaro e lança Major Araújo para prefeito de Goiânia

Evento está marcado para o sábado, 17, com filiação do deputado estadual Major Araújo e possível presença do presidente Jair Bolsonaro

Deputado estadual sai do PRP para disputar o Paço contra Iris Rezende no ano que vem | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado estadual Major Araújo deixa o PRP para se filiar ao PSL, do presidente Jair Bolsonaro, com intuito de disputar a Prefeitura de Goiânia contra o prefeito Iris Rezende (MDB), do qual renunciou ao cargo de vice-prefeito em 2016. O evento está marcado para o sábado, 17, com uma outra frente de esforço para novas filiações em apoio ao presidente Bolsonaro, além da candidatura de Araújo.

O convite de filiação do major ao PSL chegou assim que o PRP se juntou ao Patriota, em 2018. Em uma pesquisa eleitoral encomendada pelo PSL, o nome de Araújo aparece em primeiro lugar para representar o partido na eleição do ano que vem. No entanto, o próprio possível candidato pode abrir mão da disputa se o partido entender que outra pessoa terá melhor performance de votos; o partido também quer ampliar sua bancada de vereadores na Câmara Municipal de Goiânia.

“A certeza é de que o PSL terá candidato a prefeito de Goiânia e até o momento meu nome tem sido ventilado. Se o desempenho de outra pessoa for melhor, não vejo problema em abrir mão”, diz Araújo.

Sobre apoios e alianças partidárias, o deputado afirma que é próprio do partido evitar essas aproximações e que, se acontecer, será de forma natural. “Esse momento exige a definição por um candidato e se a aceitação for boa, esses apoios virão naturalmente, sem pressa”, confirma o deputado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.