Matéria de Zacharias Calil prevê que em casos de declaração de epidemia, pandemia ou surtos provocados por doenças contagiosas sejam tomadas medidas imediatas

Zacharias Calil (DEM) | Foto: Ascom

Projeto de lei apresentado nesta semana na Câmara dos Deputados quer garantir a saúde e preservação da vida de profissionais considerados essenciais ao controle e combate do coronavírus Sars-Cov-2. A matéria prevê que em casos de declaração de epidemia, pandemia ou surtos provocados por doenças contagiosas sejam tomadas medidas imediatas.

Segundo o autor da proposta, o deputado federal Zacharias Calil (DEM), que na Câmara é membro da Comissão Externa do Coronavírus, esses profissionais deverão passar por testes diagnósticos a cada 15 dias ou com a frequência que atenda a critérios e padrões de biossegurança.

“São médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, policiais federais, civis e militares, bombeiros militares, agentes de fiscalização, técnicos de enfermagem, técnicos de laboratórios, profissionais de limpeza e outros profissionais que sejam convocados a trabalhar durante períodos como este que estamos vivenciando”, explica o deputado.

“Uma medida justa e necessária para minimizar o contágio desses profissionais e evitar casos semelhantes ao do estado de São Paulo, que contabiliza mais de 600 profissionais de saúde afastados por complicações adquiridas durante o trabalho no combate à pandemia”, observa Zacharias Calil.